Search
Close this search box.

Coronavírus: alterações nos serviços e outras mudanças já anunciadas por estados e capitais

Em todo o país, estados e o Distrito Federal tomaram medidas – e anunciam novas ações a cada dia – para fazer frente ao avanço do novo coronavírus. São políticas de proteção social, voltadas ao funcionalismo, com foco na manutenção de serviços essenciais e dedicadas, claro, à saúde pública. Onde a crise é mais aguda, as decisões são mais amplas e, quase sempre, estão sincronizadas a orientações mundiais e nacionais de enfrentamento à pandemia.

Confira as principais medidas adotadas em estados e capitais:

Sudeste 

São Paulo
  • Governo recomenda fechar shoppings e academias;

 

Rio de Janeiro
  • Prefeitura declara situação de emergência;
  • Autorizada compra de materiais sem licitação;
  • Convocação de profissionais de saúde inativos;
Minas Gerais
  • Prefeitura de Belo Horizonte suspendeu o funcionamento de bares, academias e casas de show;
Espírito Santo
  • Governo do Estado proibiu funcionamento de academias e boates;
  • Suspendeu cirurgias eletivas;

 

Sul

 

Rio Grande do Sul
  • Aulas estão suspensas;
  • Prefeitura de Porto Alegre determinou fechamento de alguns estabelecimentos comerciais;
Paraná
  • Paraná barra entrada de ônibus vindos de SP e estados com mais casos de coronavírus;
Santa Catarina
  • Governo decretou emergência na saúde e suspendeu a realização de eventos por 30 dias;

 

Centro-Oeste

 

Distrito Federal
  • Suspensas visitas a pacientes diagnosticados com coronavírus e internados nas UTIs;
  • Laboratórios e hospitais privados são obrigados a notificar todos os casos positivos;
Goiás
  • O Ministério Público e a Defensoria Pública de Goiás vão restringir atendimentos. Apenas casos emergenciais terão prioridade;
Mato Grosso
  • Secretaria Municipal de Saúde suspendeu cirurgias eletivas realizadas no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), para que os leitos fiquem à disposição de pacientes vítimas do coronavírus;

Mato Grosso do Sul

  • O Tribunal Regional Federal também parou, por 14 dias, as perícias médicas judiciais, bem como as perícias médicas de magistrados e servidores;

 

Norte

 

Amazonas

Suspensão de viagens de servidores estaduais para fora do estado;

Fechamento da fronteira com a Venezuela;

Roraima
  • Prefeitura suspendeu as férias de agentes da guarda civil municipal e da defesa civil;
  • Alterou os horários de funcionamento da Assembleia Legislativa, TJ e Defensoria Pública;
Amapá
  • Ministério Público do Amapá (MP-AP) solicitou a instalação de leitos de retaguarda nas UTIS;
  • Reativação do serviço de tomografia e Raio-X nos hospitais públicos do governo do estado;
Pará
  • Paralisação parcial na educação;
  • Universidades públicas anunciaram que mantêm as atividades, e a rede estadual de ensino segue o calendário letivo;
Tocantins
  • Governo modificou o horário de expediente nas repartições públicas
    estaduais;
  • TJ e MP-TO também alteraram os horários de atendimento;
Rondônia

Assembleia Legislativa restringiu por 30 dias o acesso de pessoas e suspendeu audiências públicas, homenagens e sessões solenes;

Acre
  • Estrangeiros sem autorização estão sendo barrados na fronteira do estado com a Bolívia;
  • O Gefron informou que tem acompanhado as ações;
Maranhão
  • Governo decretou a suspensão de eventos com aglomeração de pessoas que exijam alvará;
  • Restaurantes e comércios devem garantir distância de, no mínimo, duas mesas e locais arejados;
Piauí
  • Declarado estado de emergência;
  • Aulas estão suspensas;
  • Cirurgias, exames e consultas estão suspensos em todos os hospitais e o governo comunicou o aluguel de leitos de UTI para os possíveis casos;
Ceará
  • Postos de saúde terão reforço na equipe;
  • Foi decretada situação de emergência na saúde pública;
  • O MPF pediu a suspensão de voos internacionais para Fortaleza por 30 dias;
Rio Grande do Norte
  • Rede de ensino teve aulas canceladas;
  • Visitas sociais em presídios estão suspensas até 31 de março;
  • Shoppings reduziram o horário de funcionamento;
Paraíba
  • Suspensão do atendimento presencial nas repartições; servidores acima de 60 anos trabalham em casa;
  • Aulas e eventos cancelados;
Pernambuco
  • Desde domingo (15), universidades e instituições de ensino técnico suspenderam as aulas;
  • Rede municipal de Recife cancelou as aulas;
Alagoas
  • Universidades federais suspenderam as aulas;
  • Eventos estão cancelados em Maceió;
Sergipe
  • Ala do Hospital de Urgência de Sergipe será preparada para atendimentos da doença;
  • É preciso comunicar aos órgãos de saúde quem viajou para locais com transmissão comunitária;
Bahia
  • Aulas foram suspensas em Salvador, assim como atividades em academias e cinemas, pelos próximos 15 dias;
  • Os tribunais regionais Eleitoral, do Trabalho e de Justiça suspenderam atendimento ao público;

COMPARTILHE ESSE ARTIGO

Notícias Relacionadas